Press "Enter" to skip to content

Risco maior de ataque cardíaco com o aquecimento

O risco de sofrer um ataque cardíaco devido ao calor aumentou significativamente nos últimos anos. A descoberta foi realizada por um estudo de pesquisadores da Alemanha.

O ataque cardíaco constitui a principal causa de morte em todo o mundo. As condições ambientais podem ter efeitos no sistema cardiovascular humano. Em especial, episódios de temperaturas muito altas ou muito baixas elevam o risco de ataque.

Os pesquisadores analisaram dados de registro de infarto do miocárdio em uma região da Alemanha. Os dados contemplavam mais de 27 mil pacientes, com idade média de 63 anos. A maioria deles – 73% – eram homens. Quase a metade dos infartos, aproximadamente 13 mil, terminaram com a morte do paciente.

Os dados se estendiam ao longo do período entre 1987 e 2014. O estudo considerou também os dados meteorológicos do dia do ataque cardíaco, bem como um conjunto de outros fatores, como o dia da semana e a situação socioeconômica.

Ao comparar os casos ocorridos entre 1987 a 2000 com os casos de 2001 a 2014, verificou-se que o risco de ataque cardíaco induzidos pelo calor subiu. Nenhuma tendência foi encontrada para o risco de ataques relacionados às baixas temperaturas.

A taxa de risco relativo de infarto de miocárdio devido ao calor passou de 0,93 entre 1987 e 2000 para 1,14 entre 2001 e 2014. Indivíduos com diabetes ou hiperlipidemia se mostraram particularmente mais vulneráveis.

Em um contexto de aquecimento global, os pesquisadores recomendaram maior atenção às altas temperaturas enquanto indutoras de ataques cardíacos. A modificação da frequência e da intensidade de eventos climáticos extremos poderá provocar um crescimento das doenças cardiovasculares.

Eles planejam pesquisar cenários futuros de mudanças climáticas, a fim de explorar as implicações de um mundo mais quente para o risco de infarto.

Fonte: Helmholtz Centro Alemão de Pesquisa em Saúde Ambiental
Imagem: Flckr/ David Goehring

Informações científicas e recursos audiovisuais sobre o aquecimento global, o efeito estufa e as mudanças climáticas
%d blogueiros gostam disto: