Press "Enter" to skip to content

Entendendo a ciência: resumo do relatório do IPCC

Realizado por produtoras de vídeo da Alemanha e da Australia, o documentário acima (em inglês), resume alguns dos tópicos abordados no quinto relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas – IPCC, na sigla em inglês.

Intitulado de ‘A sobrevivência da Terra – entendendo a ciência climática’, o documentário se baseou em consultas com o próprio IPCC e com cientistas climáticos de várias partes do mundo. Eles simplifica algumas das informações disponíveis no quinto relatório, publicado em 2015 e que incluiu milhares de páginas de dados científicos.

Na sua introdução, o vídeo destaca que no presente o desenvolvimento econômico se colocou contra a preservação do meio ambiente, sem levar em consideração as possíveis consequências para as gerações futuras. Em especial, em função do aquecimento global provocado pelas emissões humanas de gases de efeito estufa.

O primeiro tópico abordado é a água. Além de provocar a retração de geleiras continentais, principal fonte de água em algumas regiões do planeta – como nos Himalaias -, o aquecimento global implica em aumento de frequência e intensidade de chuvas, inundações e secas. Impactos sobre o acesso e à disponibilidade de água.

O segundo tópico trata da modificação de ecossistemas terrestres e marinhos. As florestas tropicais podem não conseguir se adaptar na mesma velocidade das mudanças observadas no sistema climático. Modelos apontam para a possibilidade de retração da floresta em cenários de aquecimento futuro. Outro exemplo de ecossistema ameaçado são os recifes de coral, fundamentais para a vida de diversos organismos marinhos.

O terceiro tópico discute o aumento do nível médio do mar. As calotas polares da Groenlândia e da Antártica estão perdendo massa devido ao aquecimento, contribuindo para a elevação do nível do mar. Os efeitos se farão sentir nas cidades litorâneas e em países insulares, como aqueles localizados no Pacífico.

O quarto tópico ressalta a velocidade do atual aquecimento global. Estima-se que o aumento da temperatura média global acontece em um ritmo até 10 vezes mais veloz do que em qualquer outro período da história terrestre. Segundo o documentário, o aumento mais rápido identificado anteriormente foi de 4ºC ao longo de 5.000 anos. Projeções indicam aumento de magnitude semelhante até 2100.

O quinto tópico alerta para os riscos do aquecimento à segurança alimentar. Devido ao crescimento da população mundial, a produção agrícola precisará também crescer significativamente no futuro. Mas essa é uma atividade intimamente ligada às condições climáticas em alteração, potencialmente comprometendo a produção e a distribuição de alimentos.

O sexto tópico menciona os impactos na saúde humana. A maior frequência de eventos extremos e do aumento da temperatura podem impactar segmentos da população mais vulneráveis, como os idosos e as crianças. A modificação das condições climáticas altera a distribuição de vetores de doenças, muitas vezes para novas regiões.

O sétimo tópico discute se a geração de energia mundial, baseada em combustíveis fósseis, irá se modificar a tempo. Para tanto, deverá utilizar exclusivamente fontes renováveis, que não causem emissões adicionais de gases de efeito estufa.

Fonte: Spark

Informações científicas e recursos audiovisuais sobre o aquecimento global, o efeito estufa e as mudanças climáticas
%d blogueiros gostam disto: