Press "Enter" to skip to content

Projetando o futuro: incluindo impactos das mudanças climáticas

Gases

As maiores fontes de emissão de gases de efeito estufa, gerando o aumento na concentração de dióxido de carbono na atmosfera, são a queima de combustíveis fósseis e a alteração do uso dos solos. A fim de prever as condições futuras do sistema climático, cientistas estimam como esses dois fatores irão se desenvolver nas próximas décadas, e a quantidade de gases de efeito estufa que emitirão. É a partir dessas estimativas que os modelos computacionais são utilizados para similar como será o clima do futuro.

Em geral, as estimativas utilizadas levam em consideração trajetórias de desenvolvimento socioeconômico, de padrões do uso da terra, e de ações políticas. Fica de fora, no entanto, o impacto que mudanças climáticas poderão ter sobre os ecossistemas terrestres e suas influências sobre o consumo de combustíveis fósseis e o uso da terra.

Buscando sanar essa lacuna, uma equipe de cientistas adotou uma nova abordagem na utilização de modelos climáticos para projetar cenários futuros. Evitaram o modelo de mão única da abordagem tradicional, na qual os impactos das mudanças climáticas sobre a biosfera, e consequentemente sobre as ações humanas, é ignorado ou inconsistentemente tratado.

No novo estudo, publicado na jornal Nature Climate Change, os pesquisadores buscaram considerar o impacto que as mudanças climáticas trarão para os sistemas de energia, a agricultura, o uso da terra e o ciclo do carbono ao longo deste século. Segundo o estudo, os impactos são fatores que não podem ser ignorados pelos cientistas quando utilizam modelos climáticos.

Ao incluir impactos das mudanças climáticas, o estudo projetou que as emissões de gases do efeito estufa seriam reduzidas em um cenário de baixas emissões e médio prazo (ilustrado na imagem acima, retirada do estudo).

O estudo pode ser encontrado aqui (doi:10.1038/nclimate3310).

Nota do ciência e clima: há outros exemplos na literatura científica discutindo as metodologias utilizadas em projeções do futuro a partir de modelos climáticos. Usualmente o que se realiza são construções de diferentes cenários – partindo da situação presente, estuda-se as possíveis situações futuras de acordo com diferentes condições. No caso da ciência do clima, o padrão é avaliar três cenários distintos: um de baixas emissões de gases de efeito estufa, um de médias e um de altas emissões. O estudo publicado é uma contribuição relativa aos métodos de modelagem climática.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: