Press "Enter" to skip to content

O leite suíço se prepara para as mudanças no clima

Cows Grazing in the Swiss Alps

Não é somente a competição com produtores de leite de outros países a única preocupação dos fazendeiros suíços. Relatório publicado pelo Centro Nacional de Pesquisa Agropecuária da Suíça recomenda ações de adaptação às mudanças climáticas para garantir a cultivação de forragem em níveis suficientes para alimentar o gado.

As temperaturas na Suíça subiram cerca de 1,5 graus Celsius nos últimos 150 anos. Com o aquecimento global, o risco de secas severas se torna ainda maior, sendo particularmente impactante para os produtores de gado leiteiro. A vulnerabilidade à escassez de água é maior na região de Jura, localizada ao norte do país, na fronteira com a França.

O relatório sugere um conjunto de medidas ligadas ao uso e ocupação da terra para lidar com os desafios das futuras condições climáticas. Entre elas, o máximo aproveitamento possível do alargamento do período do ano apropriado à pastagem, a modificação do tipo de raça bovina criada e da quantidade de indivíduos, o plantio de espécies de capim mais resistentes à seca ou a cooperação com agricultores locais para o fornecimento de forragem.

Cooperação e integração constituem, segundo o relatório, estratégias importantes de adaptação. Áreas de montanha e de planície sofrerão interferências diversas das mudanças do clima, e os fazendeiros de uma área podem auxiliar aqueles situados na outra.

Fonte: Swissinfo
Foto: Colin Cushman, Freeimage

%d blogueiros gostam disto: