Press "Enter" to skip to content

Mudanças climáticas: influencia sobre incêndios na América do Sul

Um time internacional de pesquisadores identificou uma correlação entre queimadas na América do Sul e um padrão circulatório da atmosfera conhecido como Modo Anular do Sul ou Oscilação Antártica. Fases positivas do Modo Anular do Sul trazem maior calor para o continente sul-americano, fomentando com isso o aumento na incidência de incêndios em regiões de latitudes médias e altas.

A fim de avaliar a relação entre a circulação atmosférica e as queimadas, os cientistas realizaram o estudo de anéis de crescimento de 1.767 árvores, distribuídas por 97 locais da América do Sul, e representando diversos biomas, desde florestas secas subtropicais até florestas sub-antárticas. Algumas das árvores eram de 990 D.C., e a análise de cicatrizes causadas por incêndios nos anéis de crescimento permitiu o levantamento ano a ano, década a década da frequência de queimadas.

Os dados obtidos pelo estudo dos anéis de crescimento foram então comparados com uma reconstrução histórica da Oscilação Antártica, abrangendo o período entre 1665 e 1995. Os resultados apresentaram um sincronismo entre a fase positiva da oscilação, favorecendo condições mais secas e quentes, e o incremento da frequência de incêndios, considerando todas as escalas temporais e todos os biomas estudados.

O estudo indica que, devido à influência da redução da camada de ozônio na tendência de fases positivas da Oscilação Antártica, o século XX experimentou a maior frequência de incêndios em todo o período avaliado. Todavia, modelos climáticos sugerem que o aumento na concentração atmosférica de gases de efeito estufa também induzirá a ocorrência de fases positivas Oscilação Antártica no futuro, mesmo no caso de uma recuperação dos níveis da camada de ozônio. Assim, condições climáticas favoráveis às queimadas nas latitudes médias e altas da América do Sul devem continuar ao longo deste século.

Mais informações: Portland State research in ancient forests show link between climate change and wildfires e Southern Annular Mode drives multicentury wildfire activity in southern South America
Imagem: Pixabay

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: