Press "Enter" to skip to content

Imagem do corvo-marinho-de-crista

O corvo-marinho-de-crista é uma ave de plumagem preta e que vive na região costeira da Europa. A espécie está sentindo os efeitos do aquecimento global, identificou estudo de pesquisadores de universidades do Reino Unido.

O estudo investigou a dieta de grupos de corvos-marinho-de-crista presente no Mar do Norte. Identificou-se uma alteração significativa nas alimentos consumidos pelas aves ao longo das últimas três décadas.

Em 1988, as aves se alimentavam predominantemente de uma única espécie de peixe do Atlântico, a galiota – também chamada de frachão ou sandilho. Elas também comiam, em quantidades bem menores, outras 6 diferentes espécies de peixe.

Em 2004, a galiota compunha apenas 13% da dieta. As aves passaram a depender de um total de 12 espécies diferentes de peixe como fonte alimentar.

A disponibilidade de alimento tem influência na taxa de sobrevivência do corvo-marinho-de-crista. Tem importância, por exemplo, para o sucesso reprodutivo e para a criação de filhotes. A galiota é considerada uma das principais espécies da cadeia alimentar da região.

Verificou-se que a queda no consumo de galiotas pelas aves acontecia durante o inverno. Nessa estação do ano, também se registravam a maioria das mortes de corvos-marinho-de-crista.

As alterações ambientais associadas ao aquecimento global constitui um possível fator por trás da mudança de dieta registrada. O aumento das temperaturas das águas do Mar do Norte tem provocado impactos nas populações de peixes.

Segundo um dos cientistas, frente às rápidas mudanças introduzidas pelo aquecimento, o quadro geral é de declínio da população de aves marinhas da região. Em especial daquelas que dependiam da galiota como principal fonte alimentar.

Fonte: Centro de Ecologia e Hidrologia
Imagem: Flickr/ Natural England – Allan Drewitt

%d blogueiros gostam disto: