Press "Enter" to skip to content

Harvard e mudanças climáticas: impactos climáticos de eólicas

A série ‘Harvard fala sobre as mudanças climáticas’ é uma iniciativa do Centro de Meio Ambiente da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. A intenção é divulgar o trabalho realizado dentro da universidade para o público, informando sobre os desafios que as mudanças climáticas trazem consigo e os possíveis caminhos a serem tomados no futuro.

No vídeo acima (em inglês), o professo Lee M. Miller, da Escola de Engenharia e Ciências Aplicadas, discute os impactos climáticos das usinas eólicas nos Estados Unidos. Medidas observacionais mostraram que as usinas baseadas no vento alteravam a temperatura local.

A explicação seria a mistura de camadas de ar da atmosfera, promovida pelo funcionamento das turbinas eólicas. Ao utilizar um modelos computacional, os pesquisadores de Harvard descobriram que os efeitos ocorrem especialmente à noite, com um aumento da temperatura média em 1,5ºC. 

Ao verificar as simulações dos modelos com estudos em campo de usinas eólicas em operação, verificou-se mudanças da temperatura entre o dia e a noite e sazonais, consistentes com os resultados do modelo.

Quais seriam, portanto, os benefícios reais das usinas eólicas para o clima? Uma vez implantadas, elas evitam a emissão adicional de gases de efeito estufa, contribuindo para limitar o aquecimento global. Esse benefício, no entanto, acumula-se gradualmente ao longo da vida útil do projeto.

Por outro lado, a implantação em larga escala das usinas eólicas provocaria um aquecimento da temperatura média local no curto prazo. Estimou-se que levaria mais de um século para que a redução do aquecimento global, em função da redução das emissões, superasse o aquecimento local, caso toda a eletricidade dos Estados Unidos fosse fornecida por usinas eólicas.

Não há uma solução simples ou fácil para a substituição dos combustíveis fósseis. Pelo contrário, o desafio é extremamente significativo.

Fonte: Harvard University

%d blogueiros gostam disto: