Press "Enter" to skip to content

Experimento para ferver água com gelo

O centro científico Royal Meteorological Society, do Reino Unido, elaborou uma séries de experimentos a respeito de fenômenos atmosféricos e climáticos.

O experimento abaixo auxilia na discussão sobre como a pressão atmosférica afeta o ponto de ebulição da água.

Para realizar o experimento, é preciso:

  • um frasco de vidro com o fundo plano e tampa, junto com um suporte de metal;
  • um fogareiro:
  • água e cubos de gelo;
  • luvas térmicas.

Coloca-se a água no frasco de vidro e este no fogareiro. Depois que a água começar a ferver, o frasco deve ser retirado do fogareiro e tampado. É preciso aguardar um minuto, então suspender o frasco de cabeça para baixo no suporte de metal.

Agora, utilizando os cubos de gelo, resfria-se o fundo plano do frasco de vidro. A água dentro do frasco deve começar a ferver novamente.

O ponto de ebulição da água depende da pressão atmosférica: a água ferve em temperaturas mais altas sob maior pressão, ou em temperaturas mais baixas sob menor pressão.

No nível do mar, onde a pressão atmosférica é maior, o ponto de ebulição da água é de 100°C. Mas no topo do Monte Everest, onde a pressão atmosférica é menor devido à altitude, o ponto de ebulição da água é de cerca de 70°C.

O efeito do gelo faz com que o ar dentro do frasco fique mais frio. Dessa forma, a pressão do ar dentro do frasco diminui. Isso permite que água dentro do frasco atinja o ponto de ebulição em uma temperatura menor – mas ainda assim muito quente (cuidado para não se queimar).

Fonte: Royal Meteorological Society

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: