Press "Enter" to skip to content

Expansão de regiões áridas

O mundo já experimenta uma expansão das regiões semi-áridas, tendência que continuará no presente século por causa do aquecimento global, afirma estudo publicado por pesquisadores franceses. O aumento observado das regiões semi-áridas foi de 13% no século passado, e pode alcançar adicionais 38% até 2.100.

Diversas projeções de modelos climáticos sugerem que as áreas secas do planeta deverão se expandir como consequência do aquecimento global. O estudo investigou se regiões semi-áridas e quentes ocuparão uma área maior no futuro, e também se elas irão se tornar mais áridas. Essas alterações trazem implicações para medidas de adaptação às mudanças climáticas.

A partir de dados climatológicos e de projeções de modelos computacionais, os pesquisadores quantificaram a área total ocupada pelas regiões semi-áridas no século 20 e, ao mesmo tempo, projetaram a área ocupada até o fim do século 21. Para identificar o clima semi-árido, o estudo se baseou na classificação de Köppen, na qual a temperatura e a precipitação são combinados com os diversos biomas para delimitar geograficamente os tipos de clima.

Os resultados indicaram que no século 20 ocorreu expansão das regiões semi-áridas (gráfico abaixo), sendo alterações na precipitação responderiam por 75% dessa mudança, enquanto que o aquecimento global, por 23%. Durante a segunda metade do século 20, verificou-se que a expansão se deu na direção dos pólos em ambos os hemisférios. Esse fenômeno é consistente com as observações de alteração na circulação geral da atmosfera.

Evolução da área continental ocupada por regiões semi-áridas e quentes no período entre 1901 e 2001. Fonte: Figura 2 do estudo.

As projeções sugerem que a tendência global de expansão das regiões semi-áridas continuará neste século. O aumento da área será acompanhado de uma migração da fronteira entre climas semi-árido e úmidos na direção dos pólos. Com isso, as regiões semi-áridas e quentes irão extrapolar a zona tropical, onde esse tipo de clima ocorre no presente.

O clima em parte da zona temperada será convertido, através do aumento da temperatura e redução das chuvas, em climas semi-áridos. As mudanças mais visíveis devem ocorrer no Hemisfério Norte, ao norte do trópico de Câncer – limite entre as zonas tropical e temperada. Entre as alterações projetadas, incluiram-se a conversão de condições semi-áridas frias para quentes na Ásia Central e a conversão de climas sub-úmidos ou temperados em semi-áridos no nordeste do Brasil e na bacia do Mediterrâneo.

Evolução da área continental ocupada por regiões semi-áridas e quentes projetada para o século 21. Fonte: Figura 5 do estudo.

Os pesquisadores ressaltam que a mudança do tipo de clima de uma região não implica necessariamente alterações no bioma. Isso porque, em condições de concentrações atmosféricas de COmais elevadas, é provável que apareça um novo equilíbrio entre a atmosfera e a vegetação, com as plantas suportando condições climáticas diferentes. 

Mais informações: Tropical semi-arid regions expanding over temperate latitudes under climate change
Imagem: Pixabay

%d blogueiros gostam disto: