Press "Enter" to skip to content

Árvores influenciam os microrganismos dos solos

Plantas e de microrganismos dos solos, bem como os ecossistemas terrestres, respondem às variações na temperatura. Há uma relação entre a evolução das populações e ecossistemas e as modificações do sistema climático, sugeriu estudo de pesquisadores dos Estados Unidos.

O objetivo do estudo foi examinar se a evolução das características das plantas, sob a influência de mudanças climáticas, poderia interferir na comunidade de microrganismos dos solos. E, com isso, influenciar também as funções de todo o ecossistema.

Os pesquisadores realizaram levantamentos de uma espécie de árvore – de nome científico Populus angustifolia – em 17 bacias hidrográficas do país. Em todos os locais, elaborou-se um mapeamento genético das populações da espécie e das populações microbiomas do solo.

Verificou-se que temperaturas mais altas levavam a modificações no ciclo de vida das árvores. A época de brotação e folga ocorria mais cedo, trazendo uma redução na diversidade genética. À medida que o clima fosse mais seco e quente, a variação genética caía entre a população de árvores.

Ao mesmo tempo, modificava-se a maneira como as populações de árvores interagiam com o ambiente dos solos. Elas passavam a exercer uma influência maior sobre a comunidade de micróbios e, assim, nos nutrientes dos solos.

A descoberta indica uma possível estratégia das plantas para sobreviver em condições climáticas mais estressantes. Através de uma maior interação com os solos, as árvores poderiam aumentar sua resiliência às alterações introduzidas pelo aquecimento global.

A conservação dos ecossistemas terrestres frente às mudanças climáticas atuais e futuras  deveria incluir as ligações entre microrganismos, solos e plantas. A partir daí, planejar as medidas de adaptação necessárias.

Fonte: Universidade do Tennesssee
Imagem: Pixabay

Informações científicas e recursos audiovisuais sobre o aquecimento global, o efeito estufa e as mudanças climáticas
%d blogueiros gostam disto: