Press "Enter" to skip to content

Perda de massa da calota polar da Groenlândia

Nos últimos anos, o volume de gelo da calota polar da Groenlândia diminuiu acentuadamente por causa do derretimento da superfície das geleiras e pela desintegração e formação de icebergs. Levantamentos de satélite da NASA e do Centro Aeroespacial Alemão mostram que, entre 2002 e 2016, a Groenlândia perdeu em média aproximadamente 280 gigatoneladas de gelo por ano.

A partir dos dados gerados pelo levantamento de satélite, foi criado o vídeo acima, mostrando em forma de mapa e de gráfico a evolução da perda de massa da calota polar da Groenlândia a partir de 2002. As cores laranja e vermelha indicam áreas que perderam massa, enquanto cores azuis claras, áreas onde ocorreu um ganho de massa. A cor branca indica áreas onde pouca ou nenhuma mudança foi observada.

Na região central da Groenlândia, de maiores altitudes, pouca variação ocorreu, enquanto que os pontos mais baixos e a região costeira experimentaram um declínio de até 4 metros de gelo, com as maiores perdas registradas na costa oeste.

Fonte: NASA

Comments are closed.