Press "Enter" to skip to content

Incidência de doenças alergécias pode crescer

O aquecimento global tem consequências sobre a saúde humana. Uma delas diz respeito a doenças alérgicas, particularmente em países onde a prevalência dessas doenças é alta ou crescente, aponta artigo de pesquisadores da Austrália.

As alterações do clima provocadas pelo aquecimento global tem impactado os sistemas físicos, biológicos e humanos, incluindo a saúde. O artigo revisou a literatura, de forma a identificar as implicações da mudança climática para um tópico específico da saúde humana, as doenças alérgicas respiratórias e alimentares.

Uma das influências se verifica no ciclo de vida das plantas. O aumento das temperaturas e dos níveis de dióxido de carbono – CO2 – das atmosfera influenciam a produção de pólen. Muitas plantas respondem ao aumento por meio do crescimento mais rápido e do maior rendimento do pólen.

Evidências clínicas indicam a relação entre a exposição ao pólen e as doenças respiratórias alérgicas. Inclui desde a sensibilidade a diversos alérgenos existentes nos pólens das plantas até a correlação entre a quantidade de pólen e a acentuação da asma.

O pólen também pode contribuir para certas formas de distúrbios alérgicos a alimentos. A alteração no ciclo de vida das plantas tem o potencial de afetar a incidência das doenças alérgicas.

A exposição a outros materiais que afetam a saúde respiratória também será alterada. Projeta-se, dado a maior frequência, por exemplo, de eventos extremos climáticos como tempestades, uma interação complexa entre poluentes, poeira e outros alérgenos.

Espera-se um aumento da exposição a fungos nas áreas do mundo vulneráveis a uma frequência maior de inundações, ou a níveis maiores de umidade em longo prazo. Temperaturas mais altas, níveis maiores de CO2, e umidade estimulam o desenvolvimento de fungos.

Com o tempo, o artigo afirma que a mudança na distribuição de plantas alergênicas possa interferir no padrão de alergia alimentar. Além disso, o aumento do CO2 modificar a alergenicidade de alguns alimentos derivados de plantas, como, por exemplo, no amendoim.

A comunidade média deve se preparar para as consequências do aquecimento global. O artigo recomenda que estratégias de adaptação se baseiem em um monitoramento eficaz das muitas variáveis associadas à mudança climática.

Mais informações: Climate change: allergens and allergic diseases
Imagem: Pixabay

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: