Press "Enter" to skip to content

5 gráficos de mudanças no Ártico

A Administração Nacional da Atmosfera e dos Oceanos, NOAA na sigla em inglês, um dos principais centros de pesquisa científica dos Estados Unidos, publicou recentemente a edição de 2017 do relatório ‘Boletim do Ártico’.

O relatório traz dezenas de trabalhos científicos que analisam as condições da atmosfera, do oceano e dos ecossistemas terrestres da região. Os resultados exibem as mudanças climáticas significativas que o Ártico atravessa devido ao aquecimento global.

A seguir estão 5 gráficos de mudanças no Ártico, com alguns dos pontos mais importantes do relatório.

1. Temperatura média do ar

Gráfico temperatura do ar no ártico

Apesar de temperaturas mais baixas na última primavera e verão, o Ártico registrou o segundo ano mais quente já registrado. O mapa traz a temperatura média do período entre Outubro de 2016 e Setembro de 2017, tendo como referência a média de 1981-2010. A linha tracejada indica o limite do círculo polar ártico. A cor vermelha escura representa locais até 6 graus Celsius mais quentes mais quentes do que a média de longo prazo. A cor azul mostra locais mais frios.

2. Pesca

Gráfico projeção pesca no ártico

Os estoques de peixes da região estão saudáveis no presente. Mas projeções de aumento das temperaturas da água sugerem que o estoque de peixes pode se reduzir no futuro. Desde 2014, registros de temperaturas extremamente quentes na região levaram os biólogos a recomendar uma redução dos limites de pesca. As imagens de satélite acima mostram a cobertura de gelo no mar em um ano frio, 2012, e em um ano quente, 2016.

3. Extensão do gelo marinho

Gráfico extensão gelo marinho ártico

O gráfico apresenta uma reconstrução da extensão do gelo marinho do Ártico no verão dos últimos 1.500 anos. É possível verificar a alternância natural entre períodos de expansão e contração do gelo nos últimos 1.450 anos. A partir daí, a diminuição da área ocupada é abrupta e incomparável, extrapolando as flutuações naturais. A drástica redução é uma das marcas do aquecimento global.

4. Temperatura média da água

Gráfico temperatura média da água do ártico

Durante o verão, observa-se nas últimas três décadas um aumento considerável na temperatura da água do oceano em várias regiões do Ártico. O mapa indica a tendência de aquecimento das águas no mês de Agosto, auge do verão, considerando o período entre 1982 e 2017. A cor vermelha indica aumento da temperatura, e a cor azul, diminuição. A área branca mostra a extensão do gelo em agosto de 2017. Ela foi significativamente menor do que a extensão média do período entre 1982-2010, destacada em linha preta.

5. Idade do gelo marinho

Gráfico idade do gelo marinho do ártico

O gelo marinho do Ártico está dramaticamente alterado. O gelo velho, mais espesso e resistente ao derretimento, praticamente desapareceu. Ele foi substituído por gelo novo, formado no ano anterior, que é mais salgado e vulnerável a derreter no verão. As imagens de satélite da região trazem o gelo marinho no final do mês de Março, auge do inverno. À esquerda, o mapa do ano de 1985, e à direita, de 2017. A cor branca representa gelo com mais de 7 anos de idade. A escala de idade vai decrescendo até a cor azul escura, representando gelo com 1 ano de idade, formado no inverno mais recente.

Fonte: NOAA
Imagem: Freeimages

%d blogueiros gostam disto: